Tudo que você quer saber sobre Preenchimento Labial

Skinbooster Volite e NCTF em Florianópolis
02/09/2018
Bioestimuladores de Colágeno – Sculptra, Radiesse e Elansé
14/01/2019
preenchimento-labial

Preenchimento Labial em Florianópolis

Preenchimento labial – você tem dúvidas sobre este procedimento?

Tem medo de fazer e ficar com visual artificial e exagerado?

Ou tem dúvidas sobre como é o procedimento, os dias após sua realização e o efeito final?

Vou esclarecer tudo isso e muito mais neste texto, pois quero que você perca o medo do preenchimento labial!

preenchimento-labial

Preenchimento Labial

O preenchimento labial deve ser antes de tudo seguro, com uso de materiais biocompatíveis, temporários e que tenham antídoto. Essas características tornam o procedimento previsível e no caso de ocorrer complicações, essas serão resolvidas com mais facilidade. O material que possui todas essas características é o ácido hialurônico, amplamente utilizado para fins de preenchimento labial em todo o mundo e, portanto, material de escolha em minha prática clínica.

Há um tempo se realizava preenchimento labial com uso de procedimentos definitivos. Num primeiro momento isso pode parecer interessante, mas se for avaliado com cautela, certamente a opinião vai mudar. Procedimentos definitivos, como metacril e PMMA, não podem ser removidos facilmente já que muitas vezes somente através de cirurgias complexas e que geram sequelas e deformações ao lábios.

Caso a pessoa não goste, o que fará? E se ocorrer alguma complicação? Sem dúvida, não valeria a pena correr esses riscos e,  além disso, lábios volumosos e voluptuosos numa jovem pode ser extremamente agradável, mas numa mulher de 70 anos talvez parecerá artificial e exagerado.

Durabilidade

A durabilidade vai depender do material utilizado pois há marcas que possuem maior durabilidade e, mesmo dentro de uma mesma linha de mesma marca, há produtos com maior e menor durabilidade. Geralmente os mais viscosos duram mais e os mais fluidos duram menos, todavia os produtos de marcas consagradas mundialmente costumam durar de 8 a 12 meses.

Após esse período, teoricamente, o produto terá sido absorvido pelo corpo completamente mas não há dano em fazer novamente nem haverá problema se nunca mais o fizer, uma vez que os produtos são absorvidos lentamente e a boca vai retornando natural e suavemente ao seu formato e volume inicial. Certamente sem gerar danos aos lábios – desde que feitos por um bom profissional e com produtos de qualidade.

Em algumas situações, antes mesmo de o produto ser totalmente absorvido, a pessoa tem o desejo de preencher mais e isso é possível desde que observado o prazo mínimo de um mês após a primeira aplicação, desta maneira o lábio já estará recuperado e apto a receber mais produto, no entanto, sempre com critérios e bom senso.

Manutenção – Retoques

Muitas pessoas têm dúvidas se precisa de manutenção do preenchimento labial, porém sabe-se que cada produto tem uma durabilidade “X” e que após este período a pessoa vai poder decidir se quer ou não repetir o procedimento. Caso a pessoa queira repor material antes de sair todo produto aplicado, ela pode repor ou até mesmo acrescentar mais produto para ter resultado mais expressivo. Além disso, pode ocorrer também de o profissional fazer um retoque após alguns dias do procedimento para corrigir alguma pequena assimetria que necessite de correção.

Indicações

  • Aumento de volume

  • Melhora do contorno

  • Correção de assimetrias

  • Levantar os cantinhos caídos

  • Diminuição da exposição gengival

  • Melhora do selamento labial

  • Prevenção e tratamento de queilite angular

  • Adequar a correta exposição dos dentes – “Display Incisal”

  • Finalização de tratamentos reabilitadores e ortodônticos

  • Melhora do perfil facial

  • Reequilíbrio das proporções faciais

  • Harmonizar equilíbrio queixo x lábios x nariz

  • Melhorar a hidratação e viço

Contraindicações

  • Gravidez

  • Amamentação

  • Estado geral de saúde ruim

  • Algumas doenças autoimunes

  • Infecção ou inflamação no local

O procedimento de Preenchimento Labial dói?

Não dói nada, mas depende do profissional que você escolher para fazer. Já será explicado isso abaixo, portanto, continue lendo..

Muitos profissionais realizam o preenchimento labial apenas com anestesia tópica, ou seja, com uso de pomada anestésica alguns minutos antes do procedimento. Também relatam que usam preenchedores com anestésico e que com isso a dor é bem suportável, no entanto assim será apenas para pessoas resistentes a dor. Todavia, a grande maioria das pessoas acha o procedimento feito dessa forma intolerável, ficam traumatizados e não querem mais repetir o preenchimento.

Mas comigo, que sou dentista, e muitos outros profissionais, a coisa muda de figura, isso porque pode-se realizar anestesia de bloqueio, que é aquela anestesia conhecida como “de dentista”. Com essa técnica, fica toda a região dormente e dessa forma não se sente NADA! Ou seja, com profissional bem treinado e técnica utilizada o procedimento será TOTALMENTE INDOLOR.

Há quem diga que ter o paciente anestesiado atrapalha o procedimento, pois o profissional perde a referência, mas o profissional pode e deve ter manobras para evitar que isso ocorra. O importante é que o paciente tenha conforto em todo o processo.

Quanto tempo dura o procedimento de Preenchimento Labial?

Isso vai depender muito do profissional e do nível de detalhamento que ele costuma dar, afinal, o preenchimento labial pode ser considerado uma escultura! Geralmente leva entre 30 minutos e uma hora.

O Preenchimento Labial é feito com agulha?

Pode ser realizado com ambos.

  • Cânula: instrumento flexível e sem ponta ativa, portanto dificilmente perfura vasos. Ela torna o procedimento mais tranquilo c com mais conforto no pós operatório.Tende a inchar menos e ter menos hematomas no pós operatório além de ser mais seguro por reduzir as chances de complicações. O produto sai pelo orifício lateral uma vez que a ponta é inativa. É mais difícil de operar e consequentemente requer mais treinamento do profissional.

  • Agulha: tem ponta ativa e é cortante. Geralmente causa mais sangramento e hematomas. Maiores chances de ocorrer mais inchaço e hematoma. Mais preciso e fácil de controlar. Muito boa para pequenos refinamentos.

Há profissionais que preferem a agulha e fazem um bom trabalho com elas, no entanto, eu prefiro cânula.

canula

Cânula Flexível e com Ponta Romba

agulha

Agulha – Ponta Cortante

É seguro? Quais os riscos?

Quando feito por um profissional habilitado e experiente a chance de ocorrer complicação é considerada pequena. Um bom profissional está preparado e em caso de algum efeito adverso ele estará preparado para resolver a questão. Algumas questões como inchaço e hematoma não é considerado uma complicação e sim um efeito esperado devido a natureza do procedimento.

Qual quantidade de seringas de preenchedor é necessária?

Tudo vai depender do efeito desejado.

Pequenas correções, hidratação e valorização do lábio são obtidas com uma seringa, no entanto, para aqueles que procuram realmente volume e aumento do tamanho dos lábios, precisarão de duas ou mais seringas, que por sua vez podem ser aplicadas individualmente ou em diferentes sessões, dependendo do lábio do paciente.

Geralmente uma seringa proporciona um efeito de valorização do lábio existente, com muita naturalidade e sem mudanças drásticas, no entanto, para quem tem insegurança, esse é o caminho, pois dificilmente ficará exagerado e com resultado desfavorável. Mais uma vez, claro, se feito por mãos habilidosas e com bom senso estético do injetor.

Qual valor?

Nosso código de ética proíbe postar e divulgar valores e por essa razão é essencial entrar em contato com o profissional escolhido para obter essas informações e agendar uma avaliação – que não pode ser feita pela internet, ela precisa ser pessoalmente.

O que acontece após o preenchimento? O que devo esperar?

Todo paciente que faz preenchimento labial deve esperar algum nível de edema (inchaço) e hematoma (roxo)e por isso é importante evitar fazer muito próximo a eventos sociais. É usual recomendar ao menos 20 dias de intervalo entre o dia da aplicação e algum evento social importante.

A duração e intensidade de inchaço e roxo são imprevisíveis e variam de pessoa para pessoa. Alguns casos respondem super bem e nada acontece, como se nada tivesse sido feito e outros reagem com muito inchaço e bastante roxinhos, mas no geral, em 2 ou 3 dias a pessoa já está bem e após uma semana já se nota muito pouco inchaço ou hematoma. Mas, como foi falado anteriormente, há casos que ficam mais tempo – e aí o fator paciência é muito importante, pois vai passar! Geralmente maquiagem ajuda a disfarçar muito bem.

A sensação de lábio esticado também é comum e algumas pessoas relatam que há uma descamação e ressecamento acentuado dos lábios, mas isso pode acontecer devido a uma renovação dessa pele promovida pela hidratação do ácido hialur6onico, material usado neste tipo de procedimento.

O lábio fica duro e perde a sensibilidade?

Nos primeiros dias fica duro na maioria dos pacientes e essa sensação pode se estender por umas 4 ou 5 semanas, mas aos poucos vai voltando ao normal e a consistência natural é recuperada. Não vai permanecer duro e não vai ficar artificial se for bem feito.

A sensibilidade é mantida, como sempre foi, porém nos primeiros dias, devido ao inchaço e sensação de estiramento, há um certo estranhamento. Entretanto, tudo se normaliza com o decorrer dos dias e integração do produto ao corpo.

E bolinhas? É normal sentir?

O lábios tem a mucosa (pele da região) bem fininha e por isso pode acontecer de sentir ao palpar ou com a língua “bolinhas”. isso em si não é um problema. O profissional que realizou o procedimento deve ser comunicado caso essas “bolinhas” estiverem atrapalhando a estética, se estiverem doendo ou se atrapalhar de alguma forma a fala ou outra função. O profissional habilitado vai solucionar isso facilmente.

Há algum sintoma que devo me preocupar ao fazer um preenchimento labial?

Antes: escolher um profissional habilitado e experiente. O barato pode sair bem caro.

Durante: observar o cuidado do profissional ao realizar o procedimento, limpeza do local e qualidade do produto.

Depois: preocupe-se se tiver dor forte, surgimento de “feridas” ou esbranquiçamento da região.

E como evitar lábios que parecem “bico de pato”?

Esse aspecto ocorre devido a utilização de técnicas que levam a este resultado, por isso é importante conhecer o resultado do trabalho do profissional no qual pretende fazer o procedimento para verificar se a técnica que ele utiliza obtém resultados que se adequam ao que você quer.

Quem tem micropigmentação labial pode fazer?

Pode, entretanto às vezes é interessante fazer antes do preenchimento e às vezes depois, mas cada caso é um caso.

Quem tem herpes labial pode fazer?

Pode, mas geralmente recomenda-se tomar uma medicação profilática alguns dias antes e alguns dias após o procedimento. Além disso, o preenchimento labial não pode ser realizado quando a herpes estiver presente. A recuperação completa é imprescindível para ter segurança no processo todo.

O Preenchimento Labial ajuda a minimizar os códigos de barra?

Sim e somado a isso,  muitas vezes as rugas do código de barra nem precisam ser preenchidas individualmente, pois a reestruturação do lábio já promove uma melhora de toda região.

Pode ser feito botox nos lábios?

Pode ser feito sim, mas os efeitos são diferentes dos obtidos com preenchimento labial. Com o botox (toxina botulínica) consegue-se suavização dos códigos de barra e uma pequena eversão do lábio (giradinha para fora). Além disso, a toxina também pode ser utilizada para auxiliar no tratamento da boca com cantinhos caídos – boquinha triste, como algumas pessoas se referem.

Como levantar os cantinhos da boca? Que parecem tristes e para baixo?

Preencher os lábios por si só já ajuda e traz bons resultados, mas muitas vezes é preciso preencher a região em volta dos cantinhos da boca, chamada comissura labial. Com isso se reestrutura a região e os cantinhos voltam para o local que deviam estar. Como mencionado acima, a toxina ajuda muito nesse processo também, pois diminui a força do músculos depressor do ângulo da boca – que puxa os cantinhos para baixo.

O lábio tem um tamanho/proporção correta a se seguir?

Sim, geralmente se busca a proporção divina ( proporção áurea). A qual determina que o lábio inferior deve corresponder a 1,6 vezes o tamanho do lábio superior,  mas na prática também é aceitável que os dois tenham o mesmo tamanho. O que deve-se evitar ao máximo é que o lábio superior fique maior que o inferior.

O que são lábios com efeito Gloss?

É uma técnica de preenchimento labial que promove mais hidratação e viço para o lábio que volumização em si e justamente por isso é muito procurado por pessoas que desejam efeitos bem sutis ou que buscam apenas “esticar” um pouquinho a pele da região. Também pode ser realizado um skinbooster que é uma técnica para hidratação profunda da pele: Skinbooster – Saiba mais sobre este tratamento

Quais os cuidados e o que esperar após o preenchimento labial?

  • Podem ocorrer reações locais como: edema (inchaço), hematomas, pequenos nódulos palpáveis, e vermelhidão no local

  • Caso ocorra a formação de hematomas, evite a exposição direta ao sol até que desapareça e aplique obrigatoriamente o filtro solar com fator de proteção mínimo de FPS 30. Em caso de hematomas também pode ser utilizado a pomada Hirudoid 3x ao dia no local com alteração de cor

  • Maquiagem pode ser utilizado no dia seguinte ao procedimento

  • Realizar Peeling a Laser ou Químicos e ácidos somente após normalização da pele, volume e cor

  • Exercícios físicos após 24h. Em caso de edema, aguardar mais dias

  • A área tratada não deve ser exposta a frio ou calor intenso (como sauna)

  • Use protetor solar com fator de proteção mínimo de FPS 30 diariamente

  • Evitar bebidas alcoólicas por 2 dias

  • Não comer nem beber líquidos quentes enquanto estiver sob efeito da anestesia em hipótese alguma

 

Gostou do texto? Que tal ler um artigo que fala sobre preenchimento labial e dessa forma ter mais um pouquinho de conhecimento?

Segue o link:

Antomia Labial – Um artigo

 

Ufa!!!

Será que foi esquecido alguma questão???

Se a resposta for afirmativa, envie um WhatsApp que você terá sua resposta! O número é (48) 99801-1911

 

Um grande abraço,

Dra Vanessa Thiesen

 

Instagram para acompanhar os resultados de meu trabalho: @dravanessathiesen

 

Meu currículo:

  • Pós Graduação com Dr Arthur Swift – criador do conceito Beautiphication em NYC – USA

  • Capacitação em Toxina Botulínica e Preenchedores Faciais no MARC Institute de Miami – EUA;

  • Ministradora de cursos de Preenchimento Labial Funcional/Estético

  • Mais de dez cursos na área de Harmonização Facial no Brasil e no exterior;

  • Especialista em Ortodontia pela Associação Brasileira de Cirurgiões Dentistas ­ ABCD;

  • Formada em Odontologia pela Universidade Federal de Santa Catarina UFSC;

 

Os comentários estão encerrados.